Tuesday, November 18, 2008


O Paradoxo do Nosso Tempo - George Carlin

Multiplicamos os nossos bens, mas reduzimos nossos valores. Falamos demais, amamos pouco, odiamos frequentemente.
Aprendemos a sobreviver, mas não a viver; adicionamos anos à nossa vida e não vida aos nossos anos. Fomos e voltamos à Lua, mas temos dificuldade em cruzar a rua e encontrar um novo vizinho.
Conquistamos o espaço, mas não o nosso próprio.
Fizemos muitas coisas maiores, mas pouquíssimas melhores. Limpamos o ar, mas poluímos a alma; dominamos o átomo, mas não o nosso preconceito; escrevemos mais, mas aprendemos menos; planeamos mais, mas realizamos menos.

Aprendemos a apressar e não a esperar.
Construímos mais computadores para armazenar mais informação, mas comunicamos menos. Estamos na era do 'fast-food' e da digestão lenta; do homem grande de carácter pequeno; lucros acentuados e relações vazias.
Essa é a era dos dois empregos, vários divórcios, casas chiques e lares despedaçados. Essa é a era das viagens rápidas, fraldas e moral descartáveis, das rapidinhas, dos cérebros ocos e das pílulas 'mágicas'. Um momento de muita coisa na vitrine e muito pouco na despensa. Uma era que leva essa carta a você, e uma era que te permite dividir essa reflexão ou simplesmente clicar 'delete'.

Lembre-se de passar tempo com as pessoas que ama, pois elas não estarão por aqui para sempre. Lembre-se dar um abraço carinhoso num amigo, pois não lhe custa um centavo sequer. Lembre-se de dizer 'amo-te' aos seus filhos, à sua companheira (o) e às pessoas que ama, mas, em primeiro lugar, ame... Ame muito

2 Comments:

Blogger Verdinha said...

Seguindo os seus conselhos e porque também apetece-me fazê-lo , aqui estou para dar um grande abraço à minha amiga !
Tem toda a razão, há vidas muito ocas, que só ligam ao "qu'en dira-t-on", que tentam copiar as vidas dos VIP's que aparecem nas revistas cor de rosas e que não são modelos para ninguém , tão superficial é a vida deles !
Gostei de contribuir pelo facto de apreciar a música da cantora belga Maurane. O pai dela foi director do conservátório da cidade onde vivem os meus pais e donde são oriundos !

Beijinhos verdinhos, querida Luz Dourada !

1:54 PM  
Blogger Vitor Oliveira Jorge said...

Conhece o meu blogue
http://trans-ferir.blogspot.com ?
Apareça dia 25 Novembro 2008 às 18,30 h na Livraria Books and Living do CC Cidade do Porto, para o lançamento do meu novo PEQUENO LIVRO DE AFORISMOS. Entrada livre!
Saudações
Vitor O. Jorge

9:28 AM  

Post a Comment

<< Home