Wednesday, December 13, 2006

Um poema...


Os poemas são pássaros que chegam
não se sabe de onde e pousam
no livro que lês.
Quando fechas o livro, eles alçam voo
como de um alçapão.

Eles não têm pouso
nem porto
alimentam-se um instante em cada par de mão
se partem.
E olhas, então, essas tuas mãos vazias,
no maravilhoso espanto de saberes
que o alimento deles já estava em ti...

Mário Quintana

3 Comments:

Blogger augustoM said...

Os poemas chegam não se sabe de onde, são coisas que existem, que nem sempre damos por elas.
Um abraço. Augusto

5:23 AM  
Anonymous Anonymous said...

Oi meu anjo de luz,

Fazia tempo que não te via, vinha aqui e sentia a tua presença, teu doce perfume, sentia a tua amizade, mas hoje senti e vi-te e meu coração se alegrou.
Obrigado AMIGA.
Aproveito para te desejar um lindo fim de semana e uma semana cheia de luz em teu coração e em teu caminhar.
Bjokas mil e xi - corações.

9:26 AM  
Blogger Paula Raposo said...

É verdade. Mesmo verdade.

10:57 AM  

Post a Comment

<< Home